Sopro no coração

Sopro no coração – Você sabe o que é?

O sopro cardíaco é detectado quando o médico ouve o coração usando um estetoscópio durante um exame físico. E para entender melhor o seu significado é preciso entender como o coração funciona.

Normalmente, o batimento cardíaco tem dois sons – “tum” e “tá “. O primeiro som é ouvido quando as válvulas mitral e tricúspide fecham. O segundo som cardíaco é o fechamento das válvulas aórtica e pulmonar.

Geralmente, o sopro cardíaco é um som ouvido quando há fluxo sanguíneo turbulento ou anormal através dessas válvulas cardíacas. Dessa maneira, os médicos ouvem um ruído entre os batimentos cardíacos. 

Nem sempre indica uma doença cardíaca.  Pode aparecer em muitas pessoas saudáveis. E nestes casos, é chamado de sopro inocente ou funcional.

Entretanto, os sopros também podem indicar um defeito nas valvas cardíacas ou no músculo cardíaco. Neste caso, é necessário exames cardiológicos complementares para determinar a causa. O tratamento é direcionado à causa de base.

Quais as causas de um sopro cardíaco?

Primeiramente, é importante reforçar que o sopro cardíaco pode ser inocente ou anormal. 

Sopro cardíaco inocente

Uma pessoa com um sopro inocente tem um coração normal. Esse tipo de som é muito comum em recém-nascidos e crianças. Geralmente, o sopro inocente desaparece com o tempo mas pode durar toda a vida sem complicações.

Além disso, existem condições que podem causar aumento do fluxo sanguíneo através do coração, resultando em um sopro cardíaco inocente,como:

  • Atividade física ou exercício
  • Gravidez
  • Febre
  • Anemia
  • Excesso de hormônio tireoidiano em seu corpo (hipertireoidismo)
  • Fases de crescimento rápido, como adolescência

Sopro cardíaco anormal

Em crianças, os sopros anormais são geralmente causados por problemas congênitos do coração, isto é, presentes desde o nascimento. Enquanto isso, nos adultos, os sopros anormais são mais frequentemente causados por problemas adquiridos nas válvulas cardíacas.

Dentre suas principais causas em adultos incluem:

Febre reumática

No Brasil a febre reumática é ainda uma condição bastante frequente quando comparada aos países desenvolvidos. Se não tratada adequadamente, pode afetar permanentemente as válvulas cardíacas e interferir no fluxo normal de sangue pelo coração. Consequentemente, essas alterações valvares podem originar sopros no coração.

Calcificação da válvula 

A calcificação na válvula pode ser decorrente do envelhecimento e pode levar a estenose (estreitamento) da válvula ( ex: aórtica ou mitral). Essa estenose dificulta o fluxo do sangue pelo coração, resultando em sopros.

Endocardite

A endocardite é uma infecção do revestimento interno do coração e das válvulas cardíacas. Geralmente, ocorre quando bactérias ou outros germes de outra parte do corpo, como a boca, se espalham pela corrente sanguínea e se alojam no coração.

Se não for tratada, a endocardite pode danificar ou destruir as válvulas do coração. Frequentemente, essa condição ocorre em pessoas que já têm problemas nas válvulas cardíacas.

Quais outros sintomas podem estar associados ao sopro cardíaco?

Se você tem um sopro cardíaco inocente, provavelmente não terá nenhum outro sinal ou sintoma. Já um sopro cardíaco anormal pode causar os seguintes sinais e sintomas:

  • Inchaço;
  • Falta de ar;
  • Tontura;
  • Desmaio;
  • Dor no peito
  • Tosse crônica;
  • Veias do pescoço dilatadas;
  • Falta de apetite;
  • Aumento do fígado;
  • Problemas de crescimento (em crianças);
  • Pele azulada, principalmente nas pontas dos dedos e lábios

Tratamento

Um sopro cardíaco inocente geralmente não requer tratamento porque o coração está normal. Se for causado por uma doença, como febre ou problemas na tireóide (hipertireoidismo), o sopro desaparecerá assim que a condição de base for tratada.

Um sopro cardíaco anormal é monitorado de perto pelo seu médico ao longo do tempo. O tratamento depende da doença cardíaca subjacente e pode incluir medicamentos ou cirurgia.