fascite plantar

Fascite plantar: o que é, quais os sintomas e como é o tratamento?

VISÃO GERAL

O que é fascite plantar (FP)?

A palavra “fascite” significa “inflamação da fáscia “ que pode ser de um músculo ou órgão”. Neste caso se refere a fáscia da musculatura dos pés. Enquanto “plantar” se refere à sola do pé. Logo, fascite plantar (FP) significa inflamação da fáscia da sola do pé. Anualmente, milhares de pacientes fazem tratamento para fascite plantar. É a causa mais comum de dor no calcanhar. É bastante frequente entre os atletas, especificamente, corredores.

O pé tem 28 ossos, 33 articulações e mais de 100 músculos, tendões e ligamentos. A fáscia plantar sustenta o arco do pé e consequentemente todas essas estruturas citadas. Além disso,  absorve a pressão sobre os pés e suporta o peso do corpo. Por isso, quando a fáscia está inflamada ou se tem uma ruptura, a dor é inevitável.

Qual a frequência da fascite plantar? Quem tem mais chances de ter?

Aproximadamente uma em cada 10 pessoas desenvolverá fascite plantar em algum momento da vida. Pessoas obesas de meia idade, principalmente do sexo feminino, e atletas Jovens do sexo masculino a têm com mais frequência.

CAUSAS E SINTOMAS

Qual a causa a fascite plantar?

Não existe uma causa específica para desenvolver a fascite plantar. Muitos fatores podem ser responsáveis pela inflamação da fáscia plantar, principalmente quando há aumento da pressão da região ou estiramento local.

Logo, é mais provável que você venha a ter  FP se :

  • Tiver pés chatos ou pés cavos .
  • For obeso. (70% dos pacientes com FP tem obesidade)
  • Usar sapatos que não adequados para os pés 
  • For um atleta (principalmente corredor ou saltador)
  • Trabalhar ou se exercitar em uma superfície dura.
  • Ficar de pé por longos períodos de tempo.
  • Exercitar-se sem alongar as panturrilhas.

Quais são os sintomas da fascite plantar?

Se você tem fascite plantar provavelmente vai apresentar uma dor aguda ou maçante na região plantar (sola do pé). As características mais comuns são de dor na região plantar do calcanhar ou nas proximidades e também dor no arco do pé. Dor que é pior pela manhã ao acordar e pisar no chão ou quando você levanta  depois de ficar muito tempo sentado. Dor que aumenta após o exercício físico e não durante. Pode apresentar inchaço no calcanhar e sensação de tendão de Aquiles tenso. A dor descrita acima pode durar meses se não diagnosticada corretamente.

A FP pode causar dor nos dedos dos pés?

Eventualmente pode sim, mas não é um sintoma comum.

A FP pode causar dor na panturrilha?

A fascite plantar em si não causa dor nos músculos da panturrilha. A dor na panturrilha geralmente pode ser causada devido os músculos estarem muito tensos. Se esses 

A FP pode causar dor no tornozelo?

A dor da fascite plantar é no pé, como descrito acima. No entanto,  raramente, pode ocorrer compressão/irritação de um nervo e a dor pode irradiar para o tornozelo.

A FP pode causar dor nas costas?

Pessoas com FP plantar podem desenvolver dor nas costas. Talvez a dor nas costas seja decorrente da mudança na postura e da caminhada, como forma de evitar a dor, não colocando pressão total sobre o pé. Qualquer alteração na distribuição do peso corporal altera a forma como os músculos do quadril e da perna são utilizados ​​e consequentemente,  pode causar tensão muscular e dores nas costas.

DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

Como é feito o diagnóstico na fascite plantar?

O diagnóstico é baseado na história clínica contada pelo paciente e através de um exame físico minucioso. Através dessas informações, seu médico poderá chegar ao diagnóstico de fascite plantar ou em um diagnóstico diferencial.

Muitas outras condições clínicas podem ser responsáveis por dor no pé como: tendinite, artrite,  fratura ou fratura de estresse, compressão nervosa ou presença de cisto no calcanhar. Na dúvida diagnóstica, seu médico pode solicitar exames de imagem como radiografia, ecografia (ultrassom), tomografia  e ressonância magnética

Fascite plantar e esporão são a mesma coisa?

Não. A fascite plantar e o esporão do calcanhar não são a mesma coisa. Além disso, o esporão do calcanhar não causa FP. O esporão do calcanhar é um formação extra de osso que se projeta do calcanhar, enquanto a FP é a dor de uma fáscia plantar inflamada. Por isso, a remoção do esporão do calcanhar não soluciona a fascite plantar.

Como é o tratamento?

O tratamento da fascite plantar é baseado na terapia conservadora que inclui diversas medidas medicamentosas e não medicamentosas.

A terapia não medicamentosa consiste em mudança de hábito e estilo de vida, além de  medidas que aliviam a dor que você pode realizar em casa ou com ajuda do profissional. Seguem abaixo medidas que você pode fazer em casa ou hábitos que podem ser alterados:

  • Limitar a atividade física que tenha impacto sobre o calcanhar.
  • Evitar ficar de pé por muito tempo.
  • Perder peso.
  • Alongar os músculos da panturrilha.
  • Usar sapatos resistentes e bem acolchoados. 
  • Não usar sandálias ou chinelos rasteiros .
  • Não andar descalço.
  • Usar palmilhas ou órteses de pé feitas sob medida.
  • Massagear a área.
  • Colocar gelo na área três a quatro vezes por dia durante 10 a 15 minutos.

As terapias medicamentosas ou específicas incluem:

  • Tomar antiinflamatórios não esteroidais.
  • Tomar corticoide hormonal como prednisona ou prednisolona
  • Injeções de cortisona (esteróide).
  • Fisioterapia para alongamento e exercícios.
  • Terapia por ondas de choque extracorpórea . As ondas de choque podem estimular o processo de cicatrização.

Se nenhuma das soluções acima for eficaz após 12 meses, a cirurgia pode ser considerada.

Não deixe de ler também!

A Loyola e Avellar possui profissionais capacitados e tem como objetivo cuidar da saúde e bem-estar de seus pacientes.  Agende sua consulta agora mesmo:   41.3076-3054 ou whatsapp