5 Dicas para Reduzir o Colesterol

Você sabia que o colesterol é fundamental para o nossa sobrevivência? Substância semelhante à gordura, o colesterol é essencial para a produção das membranas de todas as nossas células, na formação de hormônios e dos nervos. No entanto, o excesso de colesterol em nosso organismo pode levar a complicações futuras. Dentre essas complicações destacam-se as doenças cardiovasculares (Infarto agudo do miocárdio, doença arterial coronariana) e cerebrovasculares ( AVC – acidente vascular cerebral).

Em uma boa parte das pessoas, níveis altos de colesterol vem de uma alimentação rica em gorduras saturadas e hidrogenadas e a um estilo de vida desregrado. Assim, simples mudanças nos hábitos do dia-a-dia são essenciais para ajudar a baixar o colesterol.

Praticar exercícios 

Realizar atividade física regularmente é uma maneira muito eficaz de aumentar a queima de gordura corporal, reduzir peso,aumentar o colesterol “bom” (HDL) e reduzir o colesterol “ruim” (LDL). Recomenda-se realização de atividade física de intensidade moderada (caminhadas ou corridas) pelo menos 30 minutos ao dia e cinco vezes por semana. Se você acha difícil encontrar tempo para realizar atividade física procure maneiras de incorporar mais atividades à sua rotina diária (como usar as escadas em vez de pegar o elevador) ou faça caminhadas durante os intervalos no trabalho.

Perder peso

Se seu colesterol estiver alto a perda de peso pode contribuir para a redução do colesterol. Já está comprovado por estudos que perder apenas 5% do seu peso corporal pode diminuir seus níveis de colesterol. Com uma combinação de perda de peso, atividade física e uma dieta saudável, é possível diminuir os níveis de LDL em até 30%.

Consumir mais fibras

Alimentos como aveia, maçã, pêra, ameixa e as leguminosas, são ricas em fibras solúveis. A presença de fibras solúveis nos alimentos impede o corpo de absorver o colesterol para a corrente sanguínea. Recomenda-se comer no mínimo, cerca de cinco porções de legumes e frutas frescas por dia, pois também são muito ricos em fibra.

Evitar gordura saturada e gordura trans

As gorduras saturadas, encontradas principalmente em carnes vermelhas e laticínios integrais, aumentam o colesterol total e o LDL. Além disso, existem as gorduras trans, que são encontrados principalmente em frituras, assados (bolos, torta, pizza congelada e biscoitos) e margarinas, e também contribuem para o aumento dos níveis gerais de colesterol. É importante salientar que as gorduras trans, às vezes, são listadas nos rótulos dos alimentos como “óleo vegetal parcialmente hidrogenado”.

Parar de fumar

O tabagismo pode aumentar o LDL e diminuir o HDL, e parar de fumar geralmente melhora esses parâmetros. Logo, é recomendável suspender o tabagismo o quanto antes. Dentro de um ano após parar de fumar, seu risco de doença cardíaca é metade do risco de um fumante.

A Loyola e Avellar possui profissionais capacitados e tem como objetivo cuidar da saúde e bem-estar de seus pacientes.  Agende sua consulta agora mesmo:

https://loyolaeavellar.com.br/contato/ ou 41.3076-3054

Alexandre

Dr. Alexandre de Loyola e Silva Avellar Fonseca – Cardiologista  – Curitiba