Blog

O que é mordida aberta e que prejuízos ela pode causar?

De: | Tags: | Comments: 0 | novembro 7th, 2017

A mordida aberta nada mais é do que um espaço entre as arcadas dentárias ocasionadas pela falta de contato entre os dentes superiores e inferiores, podendo ocorrer tanto na região posterior quanto na anterior da boca e em alguns casos pode acometer ambas as partes.

O que causa a mordida aberta?

Alguns dos fatores associados à formação de mordida aberta são fonação e deglutição atípica, respiração bucal, uso prolongado de chupeta e sucção digital.

Um dos motivos que levam ao desenvolvimento da fonação e deglutição atípicas é a perda precoce dos dentes de leite (leia nosso post sobre a perda precoce dos dentes de leite aqui). Já o desenvolvimento da respiração bucal pode ocorrer pela perda precoce dos dentes de leite, e também por fatores relacionados com problemas de amigdalas e adenoides, muitas vezes sendo necessária a sua remoção e/ou problemas respiratórios crônicos

Todos esses fatores levam à formação inadequada dos maxilares, ocasionando desta forma a mordida aberta.

Como a mordida aberta pode me prejudicar?

Pacientes com mordida aberta podem apresentar: agravamento ou surgimento da respiração bucal e da fonação atípica, selamento labial deficiente, inflamação gengival, aumento em comprimento do 1/3 inferior da face, atresia maxilar e retrusão maxilar.

Como prevenir/tratar a mordida aberta?

Se detectado na infância, procedimentos simples como aconselhamento e remoção de hábitos deletérios podem evitar a formação da mordida aberta. Caso isto seja insuficiente, podem-se estabelecer tratamentos ortodônticos interceptativos com aparelhos que ajudem a criança a deglutir melhor, a falar melhor e a não mais fazer sucção digital ou usar a chupeta. Em alguns casos é necessária uma interação multiprofissional, com apoio de psicólogo, fonoaudiólogo e de um otorrinolaringologista.

Na fase adulta o tratamento varia de acordo com a gravidade da mordida aberta. Em alguns casos pode-se fazer a correção com o aparelho ortodôntico fixo (braquetes), muitas vezes sendo necessária a utilização de recursos de ancoragem, como mini-implantes (veja nosso post sobre mini-implantes aqui no blog), e em casos mais severos pode ser indicada a cirurgia ortognática (saiba mais sobre cirurgia ortognática em nosso blog), pois somente o tratamento ortodôntico é incapaz de resolver a má oclusão.

Portanto, quanto mais cedo for detectada e tratada esta má oclusão, mais fácil será sua resolução.

 

A Loyola e Avellar possui profissionais capacitados e tem como objetivo cuidar da saúde e bem-estar de seus pacientes.  Agende sua consulta agora mesmo:  http://loyolaeavellar.com.br/clinica/contato/  ou (41) 3076-3054

dr. fabiana

 

Dra. Fabiana Bonin

CRO/PR – 23873

Compartilhe...