IMPLANTODONTIA

IMPLANTODONTIA

A Implantodontia é uma das opções para reposição de dentes perdidos ou faltantes. Pode se repor um ou mais dentes, com próteses fixas ou removíveis, unitárias, parciais ou totais. A etapa cirúrgica consiste na instalação de um ou mais “parafusos” no osso da maxila ou da mandíbula, especialmente fabricados para isso. A etapa protética é a fase onde são confeccionados e instalados os “novos dentes”. É importante salientar a importância de um correto planejamento prévio a cirurgia para um melhor acerto no resultado final do tratamento.

PERGUNTAS E RESPOSTAS:

1. Existe uma idade mínima e máxima para instalação de implantes?
A idade mínima ideal é quando a formação óssea do paciente está estabilizada e completa, em média, 17 anos para mulheres e 18 anos para homens, salve algumas exceções. A idade máxima depende da condição geral de saúde do paciente, por isso a importância dos exames pré-operatórios e de um profissional plenamente capacitado.
2. Qualquer dente perdido pode ser reposto com implante?
Não, existem outras alternativas além do implante que em alguns casos necessitam ser usadas. Para esta decisão, o planejamento é essencial para estabelecer o tratamento correto.
3. A cirurgia dói?
Não! A cirurgia normalmente é feita com uso de anestésico local, totalmente indolor, podendo ser rápida ou um pouco mais demorada. Em alguns casos, ou quando o paciente preferir, é possível realizar sedação no consultório ou sob anestesia geral em hospital.
4. Quanto tempo devo ficar afastado das minhas atividades/trabalho?
É indicado um período mínimo de repouso de 24 horas, podendo variar dependendo da extensão da cirurgia. São necessários alguns cuidados com alimentação, higiene bucal e esforços físicos.