Blog

11jan, 2018

Tocilizumabe melhora sintomas da pele e doença pulmonar em pacientes com esclerose sistêmica, diz estudo

De: | Tags: , ,

L&A ATUALIZAÇÕES TOCILIZUMABE E ESCLEROSE SISTÊMICA Uma extensão de um estudo fase 2/3 de tocilizumabe (Actemra) em pacientes com esclerose sistêmica  mostrou melhora do comprometimento cutâneo com 48 semanas adicionais de tratamento. Um teste fase 3 que procura confirmar esses resultados está em andamento. Os resultados do trial foram publicados no estudo “Safety and efficacy of subcutaneous tocilizumab in systemic sclerosis: results from the open-label period of a phase II randomized controlled trial (faSScinate)“ no jornal Annals of the Rheumatic Diseases. O medicamento Actemra, atualmente é aprovado pela FDA (US […]
LER MAIS

24nov, 2017

Terapia de ondas de choque acelera a cicatrização de úlceras digitais na esclerose sistêmica, segundo estudo

De: | Tags: , , ,

LOYOLA & AVELLAR  ATUALIZAÇÕES Terapia de ondas de choque e Esclerose Sistêmica A terapia de ondas de choque extracorpórea (TOC) demonstrou melhorar expressivamente a cicatrização de feridas em pacientes com esclerose sistêmica e úlceras digitais. Resultados do estudo apresentado no Encontro Anual do Colégio Americano de Reumatologia (ACR) de 2017 em San Diego sugerem que a TOC pode ser realizada com segurança como uma alternativa terapêutica para tratar úlceras digitais na esclerose sistêmica. Os pacientes com esclerose sistêmica com frequencia desenvolvem o que é chamado de fenômeno de Raynaud. Isso pode […]
LER MAIS

22out, 2016

Esclerose sistêmica: sintomas, diagnóstico e tratamento

De: | Tags: , , ,

A esclerose sistêmica, também conhecida como esclerodermia, é uma doença autoimune do tecido conjuntivo de origem desconhecida caracterizada pela produção excessiva de colágeno que se deposita na pele e órgãos internos. Este depósito excessivo de colágeno leva às alterações que são características da doença como espessamento da pele e distúrbios vasculares. Apesar de não existir uma causa específica, muitos fatores estão envolvidos na sua patogênese incluindo fatores genéticos, ambientais, vasculares e imunológicos. A esclerose sistêmica é uma doença rara e segundo estudos, sua incidência varia de 1-122 por milhão. Acomete […]
LER MAIS