Blog

Artrite reumatoide: o que é, quais os sintomas e como é o tratamento?

De: | Tags: , , | Comments: 0 | setembro 26th, 2016

Artrite reumatoide

A artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica, de causa desconhecida, que acomete principalmente as articulações. Em casos mais graves, além das articulações, a doença pode comprometer outros órgãos como coração, pulmão, olhos e pele.

A prevalência da artrite reumatoide é estimada em 0,5%-1% da população. Qualquer faixa etária pode ser acometida pela artrite reumatoide, desde crianças até idosos. A idade de maior incidência é entre 30 e 55 anos. As mulheres são duas a três vezes mais propensas a desenvolver a doença do que os homens.

Causas e fatores de risco

Apesar dos grandes avanços em pesquisas na reumatologia, a causa da artrite reumatoide ainda continua desconhecida. No entanto, sabe-se que existem muitos fatores que podem contribuir para o seu desenvolvimento como os ambientais, hormonais, genéticos e infecciosos.

O tabagismo é um forte fator de risco para o desenvolvimento da artrite reumatoide, particularmente em indivíduos suscetíveis geneticamente, e também é um fator de risco para se ter uma doença mais grave.

Como descrito acima, as mulheres são mais acometidas que os homens, possivelmente devido aos efeitos estimulantes do estrogênio sobre o sistema imunológico. Muitos estudos mostram a importância dos fatores genéticos para o desenvolvimento da artrite reumatoide, aumentando o risco para os familiares de primeiro grau.

Outros possíveis fatores de risco incluem:

– Infecções virais

– Exposição ocupacional à sílica

– Exposição ao asbesto

Sintomas e Diagnóstico

Os sintomas se caracterizam por dores e edema (inchaço) das articulações, principalmente de mãos, punhos e pés. O início é gradual, simétrico e está associado à rigidez matinal (lentidão e dificuldade em mover as articulações ao acordar).

Manifestações extra-articulares podem estar presentes como cansaço ou fadiga, nódulos na pele (conhecidos como nódulos reumatoides), anemia, lesões oculares (esclerite e episclerite) entre outras.

Outras articulações menos comuns também podem ser acometidas como atlantoaxial (cervical), acromioclavicular (ombros), temporomandibular (podendo causar DTM) e cricoaritenoide (laringe).

O diagnóstico é baseado na combinação de:

– Achados clínicos (já descritos acima)

– Alterações laboratoriais (como elevações de exames como VHS e PCR e positividade de exames como fator reumatoide e anti-CCP)

– Alterações radiológicas

Tratamento

O tratamento da artrite reumatoide consiste além da terapia medicamentosa, da educação do paciente e de sua família, fisioterapia, pilates, terapia ocupacional, apoio psicossocial e abordagens cirúrgicas.

Apesar da artrite reumatoide ainda não possuir cura, nos últimos anos, um grande avanço no entendimento da doença proporcionou o desenvolvimento de novos medicamentos e a implementação de estratégias específicas de tratamento. Isso possibilitou um melhor controle da doença, proporcionando maior qualidade de vida ao paciente.

Não deixe de ler também: 

 

Artrite reumatoide e ateroesclerose

 

Artrite Reumatoide e Periodontite

 

Artrite Reumatoide e Periodontite: Você sabia que existem relações entre elas?

 

A Loyola e Avellar possui profissionais capacitados e tem como objetivo cuidar da saúde e bem-estar de seus pacientes.  Agende sua consulta agora mesmo:  http://loyolaeavellar.com.br/clinica/contato/ ou 41.3076-3054

 

Marcelo de Loyola e Silva Avellar Fonseca CRM-PR 24-812

 

Dr. Marcelo de Loyola e Silva Avellar Fonseca – Reumatologista

 

Compartilhe...

Comentários

comentários

Leave a Reply